Inovação e Sobrevivência

Seria a gestão uma tentativa de interromper o inevitável caos no organismo empresarial?

A Entropia, lei fundamental do universo, afirma que todo o sistema tende ao caos. Não é uma possibilidade. É uma força invisível, presente e implacável.

Na natureza, um sistema em equilíbrio é aquele que consegue manter ativos ingredientes que reduzem a força da entropia, sustentando a ordem entre organismos e ambiente. Mas, a qualquer mudança nesta ordem, a ameaça do caos virá.

Esta mesma regra se aplica a sociedade. Rousseau disse que a vida em sociedade é possível devido à existência de leis formais e regras morais que sustentam a ordem coletiva, evitando a anarquia e o caos. Em um paralelo com o mundo dos negócios, a gestão seria uma tentativa formal e temporária de interromper a entropia no organismo empresarial.

Um regime utópico anarquista, pregaria um sistema onde as regras são apenas morais, sem intervenção “oficial” sobre a configuração do sistema. Mas a anarquia sempre foi considerada utópica justamente por não conseguir fazer valer sua tese de Ordem no Caos.

Mas e as empresas?

As empresas são organismos vivos e controlados, pertencentes a um macroambiente natural, cultural, econômico, social e político. Alguns organismos não possuem condições de sobrevivência em determinados ambientes. Outros, se adaptam e se perpetuam. Alguns crescem em ordem, enquanto outros se proliferam desordenadamente causando impactos negativos no ambiente onde se instalaram.

Agora imagine um cenário onde o ambiente muda cada vez mais rápido, de forma imprevisível, e em escalas antes inimagináveis! Este é o mundo empresarial hoje. Por mais de 100 anos, as variáveis macroeconômicas eram: O Que produzir, Para Quem, em que Quantidade e com que Qualidade.

A resposta foram as linhas de montagem, o treinamento, o just in time e a qualidade total. Hoje, quase todas estas variáveis se modificaram. O que seria a inovação neste cenário? Quem sabe seria a inovação um exercício laboratorial da Anarquia dentro de um ambiente controlado? Uma busca pelo equilíbrio entre a ditadura produtiva e a validação do propósito de uma empresa?

Edward de Bono, um estudioso da criatividade, em sua obra Pensamento Lateral, traçou uma analogia entre os generalistas criativos e os especialistas produtivos. Ele dizia que, comparando a criatividade ou propósito a um buraco, o generalista é o quem cava uma infinidade de buracos, buscando encontrar algum que faça sentido para sua busca. Já o especialista, cava um mesmo buraco o mais fundo que pode, buscando entender todas as suas especificidades e segredos para, assim, dominá-lo por completo.

Com relação a conexão com o ambiente externo, o especialista estaria tão fundo dentro de seu buraco, que seu ângulo de visão fica agudo ao extremo. Já o generalista, mantém grande contato com o ambiente externo porém, no entanto, pouco conhece sobre cada uma das alternativas que deixou para trás, em sua busca pela mais ideal.

Talvez o segredo da perenidade empresarial passe pela construção planejada de um ambiente simbiótico entre produção e propósito, ou ação e imaginação, onde generalistas e especialistas convivam dentro de regras anárquicas o suficiente para gerarem vida e controladas o suficiente para permitirem a perpetuação da vida. Todos juntos, encontrando e cavando buracos certos. De momento, já me contento se, com criatividade e trabalho, conseguirmos sair do buraco.

By Mário Verdi | CEO Inventsys | Linkedin
Texto publicado originalmente
aqui

Autor: inventsysfms

Somos uma start up desenvolvedora do sistemas Inventsys FMS e Desko Workspace Experience, soluções pioneiras desenvolvidas exclusivamente para o setor de Facility & Workspace Management, pensando o novo espaço de trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.